Digite o que quer buscar

Alentejo, Portugal: uma rota para fazer de carro de Évora a Beja


Vilarejos, natureza, cultura, história. É isso que o viajante que estiver em Portugal vai encontrar na região do Alentejo. A maior região do país tem cerca de 500 mil habitantes, cidades milenares e paisagens deslumbrantes.

Uma boa opção para conhecer a região é de carro, que pode ser locado nos aeroportos e contam, em sua maioria, com um sistema simplificado para passagem nos pedágios, o chamado "Via Verde".

Esta rota terrestre tem cerca de 160 km e começa a partir de Évora (foto acima), a principal cidade da região e que está a cerca de uma hora da capital Lisboa. Existente "oficialmente" desde 1166, pois a região tem uma história muito mais antiga, em Évora é imperdível visitar o Templo Romano, integrante do centro histórico tombado como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

A Igreja de São Francisco é outro atrativo obrigatório em Évora, em especial pela peculiar Capela de Ossos. Construída no século XVII, a capela é "adornada" por milhares de ossos humanos, com o intuito de provocar reflexões sobre a transitoriedade desta existência e a busca por um caminho de conversão.



Monsaraz



A cerca de 50 minutos de carro a partir de Évora, a vila de Monsaraz tem ruas estreitas, casas pintadas de branco, artesanato e um contato íntimo com a cultura local. Tudo isso dentro de muralhas do Castelo de Monsaraz (foto acima), que já viu em sua história conquistas pelos muçulmanos, pelos mouros e novamente pelos portugueses, com D.Sancho II e o auxílio dos Templários. 


A Casa da Inquisição conta um pouco desta história obscura dos tempos medievais. Já na Igreja de Santiago, mostras de arte trazem manifestações belíssimas.


 Mourão 


De Monsaraz a vila de Mourão são cerca de 20 minutos, tendo no percurso o maior lago artificial da Europa, o Alqueva, com suas prainhas fluviais e belos visuais. No vilarejo, aos pés do Castelo (foto acima), atrativos como igrejas e parques convidam a um passeio contemplativo.

Na fortificação, a Igreja Matriz Nossa Senhora das Candeias e um visual panorâmico dos entornos do Rio Guadiana e da vila, mostrando a importância estratégica da construção.




☑ Moura


Um pouco mais para o sul de Mourão, a cerca de 40 minutos, está uma cidade onde a influência muçulmana está marcada na cultura e na arquitetura. Moura cresceu nos entornos de ruínas de um castelo do século XIII e origem, como o próprio nome diz, moura.


A cidade é conhecida por suas águas termais e por construções repletas de influências árabes, evidentes no bairro de Mouraria. Uma dica é visitar a exposição do Núcleo Árabe e conhecer toda a importância deles na história da cidade. 




☑ Beja


De Moura a Beja são aproximadamente 50 minutos de carro mas são mais de 2500 anos de história. O Castelo da cidade é um patrimônio nacional e há quem diga que a torre é a mais alta do país. Com arquitetura de inspiração gótica, teve a construção iniciada no século XIII, mas estima-se que a finalização aconteceu somente no século XV.


Pela cidade toda, monumentos históricos, praças, parques, igrejas e muita cultura. O Museu Regional Rainha D.Leonor (foto acima), além da sua bela arquitetura que passeia entre o gótico e o barroco, apresenta também uma história interessante. Antigo convento, abrigou a 
freira Mariana Alcofrado, que seria a autora das "Cartas Portuguesas”, escritas no século XVII para declarar seu amor para um cavaleiro francês. Um amor proibido com sua história ainda preservada!


Com informações de www.turismodoalentejo.com.br



☑ Confira a rota



Google Maps